Eu vinha triste e vi uma gaiola
 pendurada na árvore:
o canarinho saltava
de poleiro em poleiro.


Depois vi uma viatura da polícia
levando um homem algemado:
seus olhos doíam
e cantavam mágoas.


Daí lembrei que ia para o trabalho
e me senti um canarinho algemado.