sábado, 27 de outubro de 2012





ITANHAÉM

Água mole em pedra dura,
tanto bate até que chora.

Água cobre a pedra
e escorre choro
de pandeiro e violão.

Água cobre a pedra
e escorre canto
do povo tupi.

Escorre sonho.
Escorre som.
Escorre sal.

Escorre pranto.
Escorre espuma.
Escorre mar.

Canto de pedra.
Pedra que chora.

Som de pedra.
Som de choro. 


* Itanhaém é uma cidade do litoral sul de São Paulo, é considerada a segunda mais antiga do Brasil. A palavra Itanhaém é de origem tupi e significa pedra (ita) sonora (nhaém), ou pedra que canta, outra versão diz que Itanhaém significa pedra que chora. O mar bate nas pedras da praia do Sonho, que choram, ou cantam. Talvez o povo tupi não separe canto de choro, ou talvez as pedras cantem e chorem ao mesmo tempo, como os pássaros engaiolados, e como no poema. As duas fotos desta postagem foram tiradas em Itanhaém.




Nenhum comentário:

Postar um comentário